Foto: Ana Fonseca
  • NavegaçãoInício » Post » Receita de mulher
  • AumentarDiminuirNormal

Receita de mulher

20 de Abril de 2017 às 05:50
Homero Fonseca

Reprodução alterada Zoom
Como se diz nos folhetos publicitários, a foto é meramente ilustrativa.

Parei o carro no sinal e ela começou a atravessar a avenida à minha frente.

Devia ter uns 22 anos, bem magra, rabo de cavalo, camiseta de malha colorida, calças jeans apertadíssimas, sandálias baixas. Talvez fosse funcionária da academia de ginástica do outro lado da rua.

 O que me chamou a atenção foram seu andar e seu porte. Movia-se quase em câmera lenta, consciente de que estava sendo olhada: esticava (não muito) uma perna, depois a outra, mais ou menos como fazem as modelos, mas com moderação.

Como eu disse, era bem magra, magérrima, mas tinha uns 100 gramas de carne no pastel da bunda. E valorizava isso, empinando-a ostensivamente, porém sem vulgaridade.

Doce pássaro da juventude!

Com altíssima probabilidade, ela nunca ouvira falar em Simone de Beauvoir, muito menos lera O segundo sexo e não tinha ideia de que não se nasce mulher, torna-se mulher. Pois seguia ao pé da letra, inconscientemente, a receita de mulher sensual aviada por séculos de submissão feminina, onde o único ingrediente válido é o seu próprio corpo.

Me desculpem minha amigas feministas, mas que era uma coisa linda, mais cheia de graça, era.

Comentar









imagem_form

Últimas Atualizações

Últimos Clips

AchaNotícias

Pernambucânia

Descubra o que há no nome das cidades pernambucanas

Iteia

O Nome da Minha Cidade

Colabore! Mande-nos o que sabe sobre o nome de sua cidade, origens e significado.









Ver mensagens enviadas

Indique

Indique o blog para um amigo





Tags

manifestações corrupção confronto de ideias luiz ruffato literatura proletários ue encorpo parcialidade amapá rio amazonas macapá linha do equador floresta amazônica nélson de oliveira - leis da integridade criativa geneton moraes neto - geraldeo vandré - calúnia na internet lampião cordel boato pânico recife tapacurá cheias roliúde teatro bienal, centro de convenções, escritor, homenagem, mauro mota, poeta roliúde - amor - joseph ratinger sarau plural 21 crônica: a poética do cotidiano - joca souza leão menos luíza - ascenso ferreira - comunicação - celebridades america latina - marcus accioly josué de castro josé lins do rego mangue caranguejo chico science evangélicos periferia flávio brayner - educação - libertação - crônicas steve jobs design jonatah mak zé de arruda - filosofia - chistes e tiradas - jovem recém-casada amazônia amapá macapá - contestado frança brasil - república do cunani - história cléitson feitosa - exposição - grupo evolução, caruaru - corrupção barão de itararé eliana calmon escravidão cinema homem de moral paulo vanzolini olinda - nome de cidade - lenda de iangai - lula cardoso aires - história - tiponímia - guerra dos mundos orso welles maranhão quito - sarau papa-figo humor bione jazz adorno hobsbawn brubeck fernando pessoa - josé paulo cavalcanti filho - poesia portuguesa - sarau plural dois pesos, duas medidas democracia corintiana sócrates mino carta sarau plural joca souza leão flimar literatura marechal deodoro lêdo ivo literatura fantástica sarau paixões sidney rocha anaïs nin raymond radiguet stefan zweig pedro juan - ofício de escritor rio amazonas amapá macapá cidades viagem equador marco zero pirarucu jambu mídia índice nático charge política romance twitter lula falcão

Arquivo